domingo, 22 de junho de 2008

Fernando Pessoa

Eu quero um colo, um berço,
um braço quente em torno ao meu pescoço,
uma voz que cante baixo e pareça querer me fazer chorar.
Eu quero um calor no inverno,
um extravio morno de minha consciência e depois sem som,
um sonho calmo, um espaço enorme,
como a lua rodando entre as estrelas.

Fernando Pessoa

1 comentário:

†profano† disse...

Olá Kisstina sumida...

Passei para ler seus posts que gosto muito e deixar um beijo.

Sumida...

Abraços profanos

&&