sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Tinha que ser Caio


Ele gostava quando ela dizia:

-Sabe, nunca tive um papo com outro cara assim que nem tenho com você!

Ela gostava quando ele dizia:

-Você parece uma pessoa que eu conheço há muito tempo!

E de quando ele falava:

-Calma, você tá tensa, vem cá !

E abraçava e a fazia deitar a cabeça no ombro dele para olhar longe,
no horizonte do mar, até que tudo passasse, e tudo passava assim desse jeito

Ele gostava tanto quando ela passava as mãos nos cabelos da nuca dele,
aqueles meio crespos, e dizia:

-Bobo, você não passa de um menino bobo, sabia?

E os olhos dela só falava de amor


Caio. F. Abreu.

2 comentários:

Anónimo disse...

comunication roving saloni synergies ariadne irritable jungle univ humanities termination infrared
masimundus semikonecolori

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ prezzo viagra
http://precioviagraespana.net/ precio viagra