sábado, 2 de junho de 2007

“O filho de José e Maria nasceu como todos os filhos dos homens,

sujo do sangue de sua mãe, viscoso das suas mucosidades

e sofrendo em silêncio.

Chorou porque o fizeram chorar,

e chorará por esse mesmo e único motivo.”
=

Trecho do livro O Evangelho segundo Jesus Cristo
=
José Saramago

1 comentário:

Carlos disse...

Bem-aventurado é José Saramago, que sabe contar histórias com elegância e graça, e lembrar-nos, a cada texto novo, a maravilha que é a língua portuguesa, quando o escrevente sabe dançar todos os ritmos da sua rica sintaxe e saborear todos os sabores do seu suculento léxico.

Carlos