sábado, 2 de junho de 2007

Os meus beijos nascem já na tua boca.=

Quero a tua boca aberta em minha boca.

E amo-te como se nunca te tivesse amado

Porque tu estás em mim mas ausente de mim.
=

Nesta noite sei apenas dos teus gestos

e procuro o teu corpo para além dos meus dedos.
=

E eu estou perto de ti porque te amo.
=

Joaquim Pessoa

1 comentário:

Carlos disse...

Nem só de amor vive o Homem mas quando apaixonado ele teima em acreditar que sim.
Bastava-nos amar. E não bastava!

Carlos